Entre os mestres dos quais pude absorver lições, o Professor Hermógenes é aquele de cabeceira. Suas palavras em PDFs não me bastam. Preciso dos livros, rabiscados, sublinhados, marcados pelo intenso desejo de mudar a mim mesma, aplicando-as no dia a dia.

Alguns trechos funcionam como mantra em busca da profunda paz interior. 

Um deles está no livro “Yoga para nervosos”. E ensina que falarmos com pesar e tristeza da desilusão é um dos mais graves erros que podemos cometer ao longo da vida. Afinal, na etimologia da palavra, desilusão é apenas deixar de estar iludido. 

E quando foi que concebemos a ideia de que a ilusão é positiva?

Estar iludido – e gostar disso – requer a aceitação de que não se enxerga a vida direito. Iludido é aquele que vive em estado permanente de criação, e vivência dentro dessa criação, longe da realidade.

A ilusão anda de mão dada com a ansiedade. Que convida a frustração à entrar. E que não satisfeita, abre espaço para depressão. Enquanto criamos, vamos nos distanciando do real, do efêmero que é a vida. A única certeza é de que não a controlamos de forma alguma.

Faça planos, mas aceite quando forem por água abaixo. Não lute contra a natureza da vida. As pessoas e as situações mudam, a morte um dia chega, daqui um ano poucos lembrarão do que os aflige hoje.

A desilusão do controle é uma benção em forma de cachoeira. Entrar de cabeça nela é uma das maneiras mais eficientes de lavar a alma, o corpo e o coração. Mas para permitir-se tal limpeza, é necessário antes o choque térmico da água gelada, o equilíbrio sobre as pedras escorregadias e a confiança de que desconstruir conceitos nos eleva.

A cachoeira está logo ali, no seu silêncio.

Enquanto muitos desviam, te convido a entrar!


Texto: Priscila Ruzzante

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s